Você sabia que a TE pode fechar uma lacuna no rebanho?

Uma matéria publicada na revista “Dairy Herd” diz que muitos criadores que compraram novilhas para completar a expansão do rebanho, ficaram surpresos ao verem que a produção dos animais adquiridos foi modesta se comparada aos animais do próprio rebanho.

Desta maneira, passaram a coletar embriões dos animais mais produtivos e transferir para vacas de menor produção ou novilhas de pedigree inferior.

Resumindo: As fêmeas, filhas das melhores matrizes, vão produzir cerca de 950 a 1125 kg de leite a mais na 1ª lactação do que as mães de aluguel. Grandes rebanhos leiteiros se encaixam perfeitamente na TE, pois existe um grande nº de animais que podem ser usados como receptoras.

O custo da TE no comércio gira em torno de R$ 280 a R$ 300/prenhes, se comparado aos R$ 100 que o produtor gasta para emprenhar uma vaca. Os R$ 200 adicionais que são gastos na prenhes de TE levam a um retorno de +/- 1125 kg de leite na 1ª lactação.

FONTE: REVISTA DAIRY HERD